COGN3 Análise fundamentalista da Conga!

Neste post você verá uma análise fundamentalista da COGN3, empresa do ramo de educação.

Logo é de se esperar números ruins. Afinal, em dois anos de pandemia a educação no Brasil literalmente parou.

Contudo, em uma rápida visualização da divulgação do resultado de 2021 por parte da empresa, vemos de cara os “malabarismos”.

Forte redução do Prejuízo dona Conga?

Vamos verificar isso.

COGN3 Análise fundamentalista

Começando pela produtividade, a margem bruta da COGN3 entre 2020 e 2021 caiu 4,59%.

Ao compararmos com os resultados anteriores a pandemia, é de se notar que a produtividade da empresa não foi muito afetada.

Veja:

Ano20212020201920182017
Margem Bruta60,16%63,05%60,02%62,57%62,11%

E como era de se esperar, a receita liquida da empresa caiu de 2019 a 2021 em 32%.

Agora vejamos seu lucro operacional.

Ano20212020201920182017
Margem EBITDA11,87%-51,15%22,31%20,54%30,49%

Depois de um belo prejuízo em 2020, realmente a Conga reverteu esse quadro.

E quanto a geração de caixa da COGN3?

Utilizando o indicador FCL CAPEX, interessante notar que a Cogna gerou dinheiro em 2021, ao contrário de 2019 onde a empresa se viu obrigada a recorrer a empréstimos.

FCL CAPEX ou FCFF (Free Cash Flow For The Firm) é a quantidade de dinheiro gerado pela empresa após desconto dos investimentos utilizados para expandir seus ativos (imobilizado e intangível).

Abaixo um gráfico com a evolução da geração de caixa da COGN3 de 2017 até 2021

cogn3 análise fundamentalista

Abaixo a representação do FCL Capex da empresa de 2021 – 2017

Ano20212020201920182017
FCL Capex121.883,00-187.957,00-258.394,00181.896,001.229.049,00

Conforme tabela acima, observe que mesmo antes da pandemia a empresa já vinha oscilando sua geração de caixa.

Contudo, é de se destacar o quanto de dinheiro a empresa gerou em 2017. Após isso, é bom pesquisar o que aconteceu com a empresa.

Lembro vagamente da Cogna ter saído as compras.

Você lembra de alguma aquisição da empresa neste período?

Agora que vimos que a empresa fez dinheiro em 2021, será que esse dinheiro foi para o caixa da empresa?

Para isso, basta ir para a página do balanço chamada de Balanço Patrimonial Ativo.

Nela você busca os itens “caixa e aplicações financeiras” e os soma. Na comparação 2020~2021, a empresa diminuiu seu caixa em 3,71%.

Sendo assim, a empresa deve ter usado esse dinheiro para pagar dividas. Vamos conferir?

Endividamento

Na página Balanço Patrimonial Passivo, temos uma noção das dívidas da empresa. E isso se dá através dos Empréstimos e Financiamentos.

Some-os e chegará na divida bruta da empresa.

Logo temos:

Ano20212020201920182017
Divida Bruta9.893.753,0010.253.661,0012.106.039,007.683.622,00303.881,00

A divida bruta da COGN3 caiu cerca de 3,51% entre 2020 e 2021.

Logo a empresa usou o dinheiro que gerou mais o caixa para diminuir suas dividas.

OK!

Agora vejamos sua dívida líquida. Pegue a divida bruta e subtraia pela soma entre caixa e aplicações financeiras vistas no balanço patrimonial ativo.

Ano20212020201920182017
Divida Liquida5.867.084,006.071.879,0011.280.404,005.099.826,00-1.422.659,00

Assim como sua divida bruta, a liquida também caiu na comparação 2020-2021.

É de se exaltar a queda entre 2021 e 2019 = -48%

Leia também:

VBBR3 análise 2021
SQIA3 análise 2021
LCAM3 análise 2021

Resumo da COGN3 dos últimos 5 anos?

Sinceramente esperava coisa pior. Veja que a produtividade da empresa segue no mesmo nível dos últimos 5 anos.

O lucro operacional voltou a aparecer assim como a geração de caixa. Logo isso possibilitou a empresa a diminuir suas dividas.

Bom não?

Agora me diz, o que achou desta breve análise?

Gostou do texto? Compartilhe-o em suas redes sociais! Isso ajuda muito o trabalho do Investidor Inglês!

Também se tiver alguma critica, sugestão, deixe seu comentário!

See ya!

Fonte: Balanço COGN3 – B3

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments

Fala, II, beleza.

Afinal, COGNA ta cara ou barata??? rs

Uma sugestão. Nas tabelas vc usa os anos decrescente, de 21 para 17. Mas no gráfico vc faz crescente, de 17 pra 21. Acho interessante fazer o grafico tbm de 21 para 17.

Abs,