Trava de alta: Com CALL ou PUT, qual fazer?

Você sabe usar uma trava de alta com opções?

Neste post você verá o que é, como fazer a operação com opções do tipo CALL ou PUT e, por fim, saber qual das duas utilizar.

Preparado?

Trava de alta: O que é isso?

A trava de alta é uma operação em que você compra uma opção e vende outra opção de strike superior com as mesmas quantidades sobre o mesmo ativo-alvo.

Como se trata de uma combinação de compra e venda de opções, trata-se de uma operação estruturada.

Complicado?

Vou melhorar isso com o exemplo abaixo.

  • Ao comprar a opção PETRC323 (strike 32,51) e vender a opção PETRC335 (strike 33,51) com as mesmas quantidades, você está montando uma trava de alta!

Essa operação pode ser montada tanto com opções CALL como com opções PUT.

Como funciona?

A trava de alta funciona com a compra e venda de opções simultaneamente e de mesma quantidade.

Nesta operação, sempre vendemos a opção de maior strike.

No exemplo que vimos anteriormente, vendemos a opção de strike 33,51 que é maior que o strike 32,51, certo?

Com as opções PUT, a ordem é a mesma.

O que muda é que enquanto pagamos para montar uma trava com CALL, recebemos ao montar uma trava com PUT.

Como fazer uma trava de alta com CALL?

Você pode fazer:

  • Compra de 1000 PETRC323 (strike 32,51)
  • Venda de 1000 PETRC335 (strike 33,51)

Para não ter problemas com a corretora, primeiro faça a compra das opções e depois a venda. Vai por mim, OK?

Podemos visualizar a operação acima com um gráfico.

trava de alta

Fonte Imagem: Opções.Net.Br

Como nossa parte comprada está no strike 32,51, a nossa operação para “empatar” o investimento precisa estar nos 32,51 próximos do vencimento.

Agora veja no gráfico que conforme a cotação do ativo alvo ultrapassa os 32,51 a barra sobe até estabilizar próximos dos 33,51.

Isso acontece pois é exatamente o strike que vendemos.

Logo para obtermos o lucro máximo, a cotação do ativo alvo precisa estar perto dos 33,51 próximo ao vencimento das opções.

Como a diferença entre os strikes da trava montada é de 1 real, esse é o nosso lucro máximo teórico.

Digo teórico pois dificilmente você consegue obter a diferença entre os strikes. Isso depende muito de como está a volatilidade do ativo-alvo.

Leia também:

Como fugir do Vencimento de Opções?
Meu erro ao operar opções + Como defender vendas CALL/PUT?

Quando montar?

Montamos uma trava de alta com CALL quando:

  • Você acredita em uma alta do papel
  • O preço para fazer a trava está “barato”

Sabendo que podemos obter no máximo 1 real em uma trava com diferença entre strikes de 1 real, não faz sentido pagar 0,60~0,70 centavos, certo?

Eu procuro pagar no máximo 0,30~0,35 centavos.

E costumo sair ao bater os 0,60~0,70.

Não é uma regra, mas é o que venho fazendo ultimamente.

Prejuízo

A trava de alta com CALL tem como prejuízo máximo o valor que você pagou ao montar.

Logo precisamos pagar o mínimo possível nesta operação, a fim de minimizar as perdas caso a operação não corra a nosso favor.

Como fazer uma trava de alta com PUT?

Pegando os mesmos strikes usados na trava com CALL, teríamos:

  • Compra de 1000 PETRO323 (strike 32,51)
  • Venda de 1000 PETRO335 (strike 33,51)

Lembre-se sempre de fazer primeiro a compra das opções e depois a venda!!!

Pegando a cotação dessas opções no dia 11/03/2022, temos:

  • PETR0323 cotada a R$ 1,25
  • PETRO335 cotada a R$ 1,94

Ao fazer a operação acima com 1000 opções cada, receberíamos pela operação
R$ 690,00.

Esse dinheiro recebido, é o seu lucro máximo.

Para ficar com ele, você precisa que a cotação do ativo-alvo fique acima de R$ 33,51.

Entre 33,51 e 32,51 vocẽ devolve parte do que recebeu próximo ao vencimento.

Já com o ativo alvo abaixo de 32,51, você passa a ter o prejuízo máximo teórico de 1 real

Afinal, montamos uma trava com diferença entre strikes de 1 real, não é verdade?
(33,51 – 32,51)

E repito, sempre é prejuízo teórico, pois isso depende muito de como o mercado estará no momento em que você for desmontar a operação.

Prejuízo

Se PETR4 ficar abaixo dos 32,51 próximo ao vencimento, você pagará R$ 1000,00 para desmontar a trava conforme nosso exemplo anterior.

Como já recebeu R$ 690,00, seu prejuízo é desembolsar R$ 310,00.

Trava de Alta:

O que é?
Como funciona?
Como montar com CALL
– Como montar com PUT *você está aqui!
Devo montar a operação com CALL ou com PUT?

Quando montar?

Montamos uma trava com PUT quando:

  • Acreditamos na alta do ativo alvo
  • Acreditamos que o ativo alvo ficará “de lado” ou cairá pouco

Claro que os cenários para montar variarão de acordo a trava montada. Afinal, você pode montar uma trava ATM, OTM ou ITM.

Quer saber mais sobre o assunto? Abaixo a recomendação de um livro para que fala mais sobre as travas.

Agora se estiver disposto a aprender, o curso Double PUT Double CALL pode ser o que procura.

Nele o Zé da Silva, autor do curso, te guia através de 6 módulos que se iniciam contando sobre o bê a bá das opções até o método desenvolvido por ele.

  1. O Bê a Bá das Opções – O que são ? Para que servem ?
  2. Falando Grego – O que influencia o mercado e os preços das opções ?
  3. Operações Básicas – As operações que são feitas (tradicionalmente) com o uso de opções
  4. Os bastidores – Detalhes sobre o funcionamento do mercado de opções e que muitos insistem em ignorar
  5. As bases do Método – Os princípios que nos guiarão em nossas operações
  6. O Método Double PUT Double CALL propriamente dito

Recomendo este curso para você que não sabe nada sobre opções. Pois nele, o Zé te guia do inicio ao fim, além de contar com um grupo muito prestativo.

E agora, monto a operação com CALL ou PUT?

Vamos recapitular as diferença entre as operações de trava de alta com CALL e PUT:

Na trava com CALL:

  • Pagamos para montar a operação
  • Precisamos que o ativo alvo “suba bem” ou ao menos ultrapasse a opção vendida
  • O prejuízo máximo é o quanto pagamos para montar a operação.

Na trava com PUT:

  • Recebemos para montar a operação
  • Precisamos que o ativo alvo “suba” ou ao menos não ultrapasse a opção vendida
  • O prejuízo máximo é a diferença entre os strikes das opções compradas e vendidas

Sabendo das diferenças, você tem uma ideia de quando montar com CALL e quando montar com PUT?

Eu ultimamente não ando utilizando esta estratégia. Mas quando a utilizo, ando optando por montar a trava de alta com CALL.

Faço isso devido a maior facilidade em desmontar uma trava de alta com CALL do que com PUT.

Esqueci de algo?

O que achou dessa operação?

Difícil, fácil… Deixe seu comentário!

E não se esqueça de me ajudar compartilhando este post em suas redes sociais, combinado?

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments