Relatos sobre lançamento coberto de Opções e Opções em si.

livro sobre Opções: estratégia lançamento coberto tem nesse livro!

O livro acima “Get Rich with Options” que pode ser adquirido aqui no Brasil com a tradução “Fique Rico operando opções” é um livro bem legal sobre o assunto e aborda o lançamento coberto de opções.

Acredito que eu já o mencionei em meu post – Por que usar Opções?

E novamente volto aqui a recomenda-lo, mesmo sabendo que algumas de suas estratégias ainda não funcionam no Brasil devido ao nosso mercado.

Falta liquidez para muitas estratégias.

Contudo, esse não é o caso do lançamento coberto de Opções. Abaixo vou contar minha experiência sobre o assunto.

Não tenha medo das Opções!

Antes de abordar o lançamento coberto, repito o título acima. Não tenha medo das opções!



Eu sei que muita gente que vê a palavrinha opções passa a ter calafrios. Não sei se perdeu tudo nesse mercado ou se foi de ouvir relatos, mas o fato é que muitos tem medo.

E olha, estou nesse mercado há quase 5 anos e estou bem. Já perdi grana? Já, e as vezes quase tudo o que coloquei no trade.

Contudo também já dobrei o capital investido.

Segredo para não ter medo, não se arrebentar nesse mercado?

Estudar, estudar e respeitar seus limites.

Muitas das histórias que você leu sobre o sujeito ter perdido horrores com opções foi devido a a combinação de não estudar e não respeitar seu limite.

Como é fácil alavancar usando opções, (Eu mesmo hoje tenho mais de 1000 puts vendidas chamando pouca margem) o cara vai lá e vai vendendo.

Acredita que por não chamar muita margem*, pode continuar vendendo e vendendo. Isso até a hora em que o mercado muda de lado.

Ai, o estrago é feio mesmo.

*Chamar margem: Entrega de um percentual de dinheiro para a bolsa de valores a fim de garantir sua operação. Para não precisar deixar dinheiro preso na b3, você pode alocar algo em garantia como Tesouro Selic, CDBs com liquidez diária e etc…

O Lançamento Coberto de Opções CALL

Eu fazia venda coberta com CALL até o final do ano passado. Antes de dizer meu motivo em parar, para quem quer adotar essa estratégia, precisa se informar na corretora sobre os custos do exercício.

Se não me engano, se a corretora cobrar taxa bovespa se prepare para deixar todo seu lucro para a bolsa.

É uma facada!!!

Bom, agora vamos ao meu motivo. Ano passado eu passei a fazer lançamento coberto de opções da CIEL3 um pouco antes da metade de Junho, se não me engano.

Meu objetivo era tirar uns “dividendos” todo mês até não conseguir mais e ficar sem o papel em um futuro exercício.

Ao todo isso durou uns 5 meses e em resumo tirei dividendos em 3 meses. Nos outros dois a rolagem foi no zero a zero.

Rolagem = recomprar a opção vendida e novamente vender outra opção

No 6 mês, para evitar surpresa com corretagem, pois estava nítido que seria exercido, desfiz a operação recomprando as opções vendidas e após isso vendi a Cielo para cobrir a operação.

Experiência de 6 meses

Opções com pouca liquidez como é o caso da Cielo, qualquer movimento de 5% para baixo ou para cima começa a inviabilizar sua operação de retirar uma grana mensal com opções como era meu caso.

Se seu objetivo for ser exercido, OK. Só lembre-se de verificar antes os custos do exercício. Não ignore isso.

Agora quanto a tentar extrair todo mês uma grana ao fazer o lançamento coberto de opções, caso a ação alvo se mexa entre 5% a mais para baixo/cima você irá observar no book de compra/venda que sua opção vendida não tem vendedor/comprador.

Dessa forma você não consegue recomprar sua opção vendida, inviabilizando a continuidade da estratégia.

Antes de fazer isso com a Cielo, já havia notado o mesmo com as ações da ITSA4 e ABEV3. E revendo umas operações aqui, descobri que faço isso desde 2015!!!

Dica: Depois que entrei no curso do mestre Su (Renda Continua e Progressiva) aprendi uma forma de comprar sua opção vendida que está sem book.

Você irá fazer o seguinte; Verifique quanto está a ação alvo. No caso em que vendeu opções da CIEL3, se o strike vendido foi de 6,50 e a ação está a 7,30 a opção valerá R$0,80 + prêmio.

Ai você pode tentar pescar alguma oferta colocando no book R$0,80 + 0,10 de prêmio, 0,20… 0,30…

É uma tentativa para tentar comprar as opções que não apresentam vendedor.

Nem eu lembrava que fazia lançamento coberto a tanto tempo. Assim pude comprovar através de minhas anotações que essas ações que possuem o mercado de opções com pouca liquidez (ABEV3, CIEL3, ITSA4… dentre outras), basta valorizar/desvalorizar um pouco e pronto, sua operação já está comprometida.

Contudo, consegui ter sucesso por mais tempo com a ITUB4, mas com opções PUT. Esta ação não se mexe muito, ou seja, tem a volatilidade menor e seu mercado de opções também tem mais investidores fornecendo liquidez.

Soma-se isso e o lançamento coberto de opções com ITUB4 funciona melhor do que com as outras.

Eu fiz o teste mas com PUT como falado acima e me dei muito bem. Todo mês eu vendia cerca de 400 opções e conseguia retirar do mercado ~150 reais.

A venda começou no strike de R$35,00 e quando parei já estava próximo dos R$33,00. Durante o ano a ITUB subia e eu conseguia tirar mais que os 150, quando caia abaixo dos 35 eu tirava menos.

As vezes rolava para baixo e assim ficava exposto em um strike menor. (Ao vender put você se compromete a comprar a ação em um determinado preço. Eu no inicio vendia no strike 35 e assim que o mercado permitia, fui baixando esse valor)

Note que fiz isso em Janeiro de 2019 e agora em Fevereiro de 2020, a ITUB4 está valendo cerca de 33,81.

Ou seja, é muito provável que eu estaria no “game” ainda.

Com CALL não posso opinar apesar de entender que não mudaria muita coisa.

Eu acredito que funcione da mesma forma. Mas como não tenho seus papeis, não pude fazer o teste.

Se você faz venda coberta com as opções da ITUB4, deixe seu relato de como andas suas operações!

Pinterest


See ya!

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
7 meses atrás

Já fiz muito Inglês, mas hoje não tenho feito mais, dentro daquela ideia de ir ficando mais afastado da telinha. As opções exigem um pouco mais de atenção e acompanhamento, e quero ir me desvencilhando disso rsrs

Abraço!