Carteira Fórmula Mágica Agosto 2023

Mais um mês de alta!

Assim, não longe de repetir o mês passado, mas ao menos a carteira fechou no azul, não é mesmo?

Depois de tantos meses fechando no vermelho, é bom termos uma sequência de alta, mesmo que sejam pífias, pois ajuda no psicológico.

Mesmo as vezes não ajudando sua carteira (rentabilidade ainda negativa) as altas constantes te dão a impressão de estar no caminho.

Concorda?

Agora vamos conferir como se saiu o estudo sobre a fórmula mágica de Joel Greeblat em Agosto!

Fechamento Carteira Fórmula Mágica Agosto 2023

Carteira Fórmula Mágica Agosto 2023

Quarto mês de alta!!!

Não foi os 9% nem os 4% do mês anterior, mas foi o suficiente para batermos no IBOV!

hehehe

Assim, bater no IBOVESPA não é grande coisa. Mas como dito no inicio do texto, serve para fins psicológicos.

Mais, com esta alta e a queda do índice, encostamos na rentabilidade anual. Se no mês a carteira FM registrou 0,9% contra -5%, no ano praticamente um empate técnico.

5,2% para a fórmula mágica contra 5,4% para o IBOVESPA no ano.

O jogo está virando em sr Mercado?

Você pode conferir o desempenho do Ibovespa em 2022 e nos anos anteriores aqui.

Composição da carteira em 2023

Em Julho/2023 ocorreu a última alteração da carteira do ano. Saiu as ações da Marfrig (MRFG3) e entraram as ações da Time for Fun (SHOW3).

Que timing não? Mês passado saiu um negócio envolvendo a Marfrig fazendo sua ações decolarem!

  • TASA4
  • VALE3
  • RANI3
  • PETR4
  • UNIP6
  • SHOW3
  • FESA4
  • KEPL3

Lembrando que quase toda carteira foi montada com um filtro eliminando empresas com menos de 500 mil de liquidez.

Também o lembro de conhecer meu estudo sobre a fórmula mágica de Joel Greenblatt. Confira como ela tem desempenhado aqui no Brasil.

Saiba mais lendo o livro!

Para saber mais sobre como montar a carteira fórmula mágica, leia o cara ai debaixo!

livro Fórmula Mágica de Joel Greenblatt (nova edição)

Você também pode conferir um pouco sobre ele nesse meu texto aqui sobre a fórmula mágica de Joel Greenblatt

5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Ramos Teixeira
7 meses atrás

Eu troco de ações apenas uma vez ao ano, 1° de abril
1) Excluo empresas Blue Chips
2) Excluo empresas do mesmo setor. 3) Parei de usar não recorrente como critério de exclusão.
4) Quanto mais baixo o endividamento da empresa maior o percentual na carteira.
5) carteira com 8 ações.

Daniel.S
6 meses atrás

Ok deixa me ver se entendi então vc optou por escolher as top 8 de setores diferentes não sendo estatais e nem da área financeira, de uma vez só, no caso dia 1° de abril?
Você compra elas e fica o ano inteiro reinvestindo até completar 1 ano, mesmo que elas não apresentam mais tanto lucro?

6 meses atrás

Excelente timing hehe

Essa é uma estratégia aparentemente simples mas dá pra ajustar e fazer diferentes filtros que no final te levam pra um resultado diferente. Eu fiz uma planilha hoje e resolvi adicionar mais alguns filtros, DY acima de 6%, P/L abaixo de 15, liquidez acima de 1m, tirando setor de bancos, seguradoras por indicação do autor e construtoras que não curto… resultado deu PETR, FESA, VALE, KEPL e UNIP. Não tenho nenhuma delas na minha carteira atualmente, pensando aqui se ano que vem não começo adicionar algumas.

Por enquanto vou acompanhando aqui teus resultados 🙂