Como escapei de um prejuízo de 11k?

Este texto é uma continuação do post anterior, onde relatei como e por que fui bloqueado pela corretora Terra Investimentos.

Assim, o objetivo deste texto é mostrar as estratégias e decisões tomadas que me livraram de um baita prejuízo.

Sem delongas, vamos a saga.

Como escapei de um prejuízo de 11k em opções?

como escapei de um prejuízo em opções

Como relatado no post anterior, montei uma trava com 11 mil opções. E como a diferença entre as opções era de 1 real, logo meu prejuízo máximo teórico é de 11 mil reais.

Digo teórico pois tem a taxa bovespa, que belisca mais uma bela grana.

Enfim, a trava foi montada para me livrar de assumir 1000 PETR4 a 30 reais. Contudo, eu tinha outras puts vendidas.

Se não me engano estava vendido em puts de strike 27 ou 28 em PETR4 também.

Bom, a grana da trava me possibilitou zerar quase todas as puts vendidas. Ficou um residual de 300 puts vendidas de petro no strike 30.

Bem melhor do que 1000, certo?

Contudo, montei ignorando toda a tempestade que estava a bolsa de valores. Quando montei sabia do risco, mas duvidei.

E assim como no Poker, fui para o jogo com cartas ruins. 3 e 4 digamos. Logo a chance de ganhar era fazendo um Straight Flush, sequência de cinco cartas todas do mesmo naipe.

Mas ao abrir a primeira carta da mesa, as chances se foram e eu perdi a rodada. Fiquei vendo a trava desvalorizar, desvalorizar, até o ponto de ficar negativos mais de 11 mil reais.

Para ajudar, a corretora me bloqueou como contado por aqui e assim teria que contar com a ajuda do assessor de investimentos.

Ai começou a martelar na cabeça “soluções” para não assumir o prejuízo. Uma delas, na qual fiquei alguns dias estudando, bancar o prejuízo com uma nova trava.

Como fazer isso?

Digamos que você tem uma operação que está te dando um prejuízo de 2 reais por opção. Ai você vai em um site, como o opções.net.br, e verifica quanto recebe na montagem de uma trava ATM.

O objetivo de montar uma trava ATM, é devido ao crédito recebido e de maiores chances de conseguir levar para o pó do que com opções ITM.

Após observar que consegue obter na trava uns 0,40 cents, você pega e divide seu prejuízo pela grana da trava.

Ou seja: 2 / 0,40 = 5. Se você está com uma operação de 1k de opções com prejuízo de 2 reais por opção, está no total com 2 mil de prejuízo.

Para trazer sua operação para ATM, perto do jogo como costumam dizer, montando a trava você ficaria com uma estrutura de 5k opções.

Logo seu prejuízo de 2 mil reais pode se tornar 5 mil.

Em contrapartida, como você trouxe as opções para perto do strike atual, aumenta suas chances de sair ileso da operação.

Por que não usei essa opção?

Confesso que por momentos pareceu promissor a ideia. Mas ao analisar friamente, eu iria trocar um prejuízo certo de 11 mil por um duvidoso de 30~40.

E devido ao momento, o duvidoso estava mais pra certo! Afinal, as ações só caiam!

Outro motivo é que teria que colocar mais garantia na corretora e mesmo assim não sei se liberariam a nova operação.

Assim, alguns dias após teimando com a estratégia de travas, resolvi fazer o simples.

No curso de opções que estava fazendo, aprendi a travar as vendas de put comprando puts de vencimento longo.

Com a petro valendo 12 reais, minhas puts compradas de strike 30 estavam valendo 18 reais!

Ou seja, bastaria eu vendê-las e desmontar a trava de 11k, que ainda me sobraria uma grana.

E foi isso que fiz com a ajuda do assessor.

Você deve estar se perguntando o motivo de eu ter montado uma operação gigante para salvar uma venda, sendo que ela já estava travada.

Por que montei a trava de 11k?

Confesso que me deixei levar pelo estudo que um dos alunos apresentou no curso. Fiquei maravilhado com a estratégia e acabei ficando cego.

Assim, a estratégia não é ruim. Mas você precisa de margem para executar. MUITA MARGEM.

Tudo que eu não tinha no momento.

Foi um erro que poderia ter me custado bem caro. No fim, saiu como um belo de aprendizado.

Aprendi a não sair por ai colocando em prática operação que acabou de aprender e mais, executar uma operação sem calcular o necessário para execução e seus riscos.


Enfim, consegui sair praticamente ileso da operação, pois as puts longas que eu vendi bancaram o prejuízo e ainda sobrou o que eu tinha investido nelas.

Digo praticamente, pois sobrou 300 puts extremamente ITMs. E com elas veio um novo conhecimento, que compartilharei com vocês em um futuro post.

Quem me segue no twitter sabe que rolei essas 300 puts por quase 1 ano!

Em breve conto por aqui esta saga.

See ya!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
1 mês atrás

Olá investidor, essas opções são fogo mesmo, que bom que conseguiu reverter o prego, eu prefiro ficar só no básico hehe 🙂