EGIE3 4T19: Resultado quarto trimestre da Engie!

E continuando com a série de posts analisando os resultados do quarto trimestre de 2019, hoje veremos o 4T19 da EGIE3, empresa esta há um tempo já na carteira do Investidor Inglês.

Apesar de ela não estar na lista de empresas que eu disse que publicaria, aproveitei um tempinho aqui no trabalho para montar essa rapidinha.

Você pode as ações que terão uma rapidinha aqui

EGIE3 Resulado 4T19

Vamos para mais uma análise fundamentalista aqui do blog. E como sempre, usando o livro Investindo para Vencer como um suporte.

como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro

Recomendo e muito sua leitura!

Compre através do link acima ou clicando na imagem e ajude o Investidor Inglês com algumas balas. 😁😁😁



Como é de praxe e se acompanha o blog há tempos, analiso as empresas em 3 partes: Produtividade, Geração de Caixa e Endividamento, fruto da leitura do livro acima.

Portanto, vamos começar abrindo o balanço referente ao 4T19 da EGIE3 para montarmos a primeira análise, que é Produtividade.

Dessa forma, vamos direto para a Demonstração do Resultado nas DFs Consolidadas.

Nesta página temos uma visão de como anda sua produtividade ao montar sua margem bruta.

E para chegar nesse indicador, basta você dividir o resultado bruto pela receita. Logo temos;

  • 2019: 42%
  • 2018: 44%

Começamos a análise da Engie observando uma queda em sua produtividade. Isso devido aos custos que subiram mais que a receita. Pois enquanto a receita subiu 11%, os custos subiram 15%.

Se os custos tivessem subido 9%, OK, estaria bom.

Agora vejamos como se saiu EBITDA. Para isso, anote os valores do Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos, também conhecido como EBIT.

Depois vá para a página Demonstrativo de Fluxo de caixa. Nela anote os valores de Depreciação e amortização.

Some-os e você chegará no EBITDA.

Se seguiu os passos acima, percebeu que o EBITDA da EGIE3 subiu 19% na comparação com o 4T18.

Já seu lucro operacional subiu 7% entre os períodos.

E quanto a geração de caixa da EGIE3?

egie3 4t19

Vamos ver como se saiu o indicador FCL CAPEX, cara que nos mostra o quanto a empresa gerou de dinheiro após descontado o investimento em imobilizado e intangível.

Para chegar neste indicador, você precisa ir até a página Demonstração do Fluxo de Caixa. Anote os valores do Caixa Líquido Atividades Operacionais e Aquisição de imobilizado e intangível.

Caso não tenha visto, publiquei os resultados de RAIL3, SAPR4, CIEL3, GRND3, USIM5, MGLU3
Confira aqui no blog!

Voltando, com os valores anotados, basta soma-los e chegaremos ao FCL CAPEX.

Logo temos…

  • 2019:  2.455.434
  • 2018:  -158.808

A diferença entre 2018 e 2019 foi muito, mas muito grande. A nossa cia de energia analisada conseguiu gerar mais de 1600% no comparativo.

Agora vejamos se jogaram uma parte ou toda a grana gerada nas suas disponibilidades financeiras. Para tanto, vamos ao Balanço Patrimonial Ativo.

Nele some caixa e aplicações financeiras. Se fez isso, notou que o caixa da empresa subiu 60%!

Bem provável que abasteceram o caixa com a grana nova.

Endividamento

Na página Balanço Patrimonial Passivo, temos uma noção das dívidas da empresa. E isso se dá através dos Empréstimos e Financiamentos.

Some-os e chegará na dívida bruta da empresa. Para chegar na dívida líquida, basta subtrair a divida bruta da soma entre caixa e aplicações financeiras vistas no balanço patrimonial ativo.

Se seguiu os passos até aqui, notou que a divida bruta da empresa subiu 51%.


Em resumo, alguns números vieram bons, outros nem tanto. Afinal, a produtividade teve uma leve queda, o lucro líquido praticamente estável entre 2018 e 2019…

E sua divida que aumentou e bem. Acredito que a empresa fez uma aquisição que acabei não acompanhando.

Contudo, algo a ressaltar foi a boa geração de caixa em 2019. Isso ajuda a continuar na empresa, certo?

Espero que alguém com mais experiência em análise fundamentalista veja essa minha rapidinha e comente. Se for o seu caso, por favor, deixe sua opinião sobre este balanço.

Eu achei OK, mas lembre-se que sou um novato no mundo das análise fundamentalistas.

Não custa lembrar que isso é apenas um estudo inicial, passando longe de ser recomendação de compra/venda!

See ya!

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
7 meses atrás

Custo aumentou devido a compra de ativo em 2019. Mas segue o jogo.
Em dezembro, foi anunciada a aquisição de concessão para construção, operação e manutenção de aproximadamente 1.800 quilômetros de linhas de transmissão nos estados do Pará e Tocantins, por até R$ 410 milhões.

Setor de energia bombando

7 meses atrás

Olá, no caso de 2018 FCL CAPEX era negativo, faz sentido comparar isso e calcular o percentual de aumento? Se fosse positivo eu até acho que sim, mas negativo é meio estranho. Abraços