GRND3 3T19: Que comecem os balanços!

E cá estamos nós mais uma vez observando como se saíram as empresas no trimestre. E para começar as análises, vejamos como foi o 3T19 da GRND3.

Sem delongas…

GRND3 Resulado 3T19

Abrindo o balanço referente ao 3T19 da GRND3, vamos direto para a Demonstração do Resultado nas DFs Consolidadas.



Nesta página temos uma visão de como anda sua produtividade. Para isso, basta montar sua margem bruta.

Logo temos;

  • 3T2019: 47%
  • 3T2018: 46%

Diferentemente do resultado do segundo trimestre, aqui a Grendene começa diferente apresentando uma leve melhora em sua produtividade.

Agora vejamos como se saiu seu lucro operacional.

Para isso, anote os valores do Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos, também conhecido como EBIT.

Depois vá para a página Demonstrativo de Fluxo de caixa. Nela anote os valores de Depreciação e amortização.

Some-os e você chegará no EBITDA.

Se seguiu os passos acima, percebeu que o EBITDA da Grendene subiu cerca de 43% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Com isso, seu lucro operacional, subiu;

47% entre os períodos.

E quanto a geração de caixa das Grendene?

GRND3 3T19

Vamos ver como se saiu o indicador FCL CAPEX, cara que nos mostra o quanto a empresa gerou de dinheiro após descontado o investimento em imobilizado e intangível.

Para chegar neste indicador, você precisa ir até a página Demonstração do Fluxo de Caixa. Anote os valores do Caixa Líquido Atividades Operacionais e Aquisição de imobilizado e intangível.

Voltando, com os valores anotados, basta soma-los e chegaremos ao FCL CAPEX. E o da Grendene;

  • 3T19:  351
  • 3T18:  372

Agora vamos até o Balanço Patrimonial Ativo ver como anda o caixa da empresa. Nesta página, observe que o caixa da empresa subiu por volta dos 150~160 milhões na comparação com o quarto trimestre do ano passado.

E quanto a sua dívida?

Endividamento

Na página Balanço Patrimonial Passivo, temos uma noção das dívidas da empresa. E isso se dá através dos Empréstimos e Financiamentos.

Some-os e chegará na dívida bruta da empresa. Para chegar na dívida líquida, basta subtrair a divida bruta da soma entre caixa e aplicações financeiras vistas no balanço patrimonial ativo.

Se seguiu os passos até aqui, notou que a divida bruta da empresa caiu cerca de 50%. E com o leve  aumento do caixa, sua divida liquida ficou ainda mais negativa.

Nessa visão rápida do balanço das Grendene, enfim observamos melhoras. Produtividade, belo aumento do EBITDA, manutenção da geração de caixa…

E ainda sua divida (se é que podemos dizer que essa empresa tem isso), caiu.


Não custa lembrar que isso é apenas um estudo inicial, passando longe de ser recomendação de compra/venda!


Aproveitando a divulgação do balanço, a Grendene (GRND3) soltou um aviso aos acionistas: Distribuição Antecipada de Dividendos 2019

Quem deter ações da empresa na data de 04/11/2019, receberá em 19/11/2019 a quantia de R$0,104 por ação.


A partir do dia 05/11/2019, ações serão negociadas como ex-dividendos.

See ya!


6 thoughts to “GRND3 3T19: Que comecem os balanços!”

  1. Depois de dois péssimos resultados, cheguei a pensar na possibilidade de vender as ações que tenho, mas pensei e achei que elas podiam se recuperar ao menos, um pouco. Esse balanço ajudou, mas eu não olho mais a empresa de forma positiva como olhava antes. Vamos ver se dá mais uma recuperada com o avanço da economia e aí vou diminuir umpouco o target percentual dela na carteira.

    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.