CIEL3 2T19: E o resultado da Cielo ó…

Inauguro os resultados do segundo trimestre de 2019 com o balanço 2T19 da CIEL3.

Vamos ver como foram os números desta empresa tão batida ultimamente entre os investidores?

Follow me!

CIEL3 2T19



Ao abrir o balanço referente ao 2T19 da CIEL3, vamos direto para a Demonstração do Resultado nas DFs Consolidadas como de costume, OK?

E mantendo o ritual, analisarei os balanços usando as dicas do livro Investindo para Vencer, livro que recomendo e muito sua leitura!

Quem acompanha o blog deve estar cansado de ler minha recomendação sobre este livro. Mas reitero, o livro é bom E de fácil leitura.

Compre através do link acima e ajude o Investidor Inglês com algumas balas. 😁😁😁

Depois do marketing do livro, vejamos como se saiu a produtividade da Cielo. Para isso, basta montar sua margem bruta.

Para encontrar a margem bruta, você pega a receita liquida e subtrai com o custo dos serviços prestados. Pegue o resultado e divida pela receita líquida e terá a margem bruta.

No caso da Cielo, temos as seguintes margens;

  • 2T2019: 54%
  • 2T2018: 61%

Logo começamos a análise vendo queda em sua produtividade.

Agora vejamos como se saiu o lucro operacional. Para isso, na mesma página (Demonstração do Resultado) anote os valores do Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos, também conhecido como EBIT.

Depois, vá para a página Demonstração de Fluxo de caixa. Nela anote os valores de Depreciação e amortização.

Some-os e você chegará no EBITDA.

Se seguiu os passos acima, percebeu que o EBITDA da Cielo caiu bem. Bem mesmo…

Sabemos que o lucro operacional encontramos na Margem EBITDA. Para chegar nela você pega o EBITDA e divide pela receita liquida.

Logo temos;

  • 2T2019: 42%
  • 2T2018: 61%

Ou seja, mais queda…

E quanto a geração de caixa da Cielo?

Vamos ver como se saiu o indicador FCL CAPEX, cara que nos mostra o quanto a empresa gerou de dinheiro após descontado o investimento em imobilizado e intangível.

Para chegar neste indicador, você precisa ir até a página Demonstração do Fluxo de Caixa. Anote os valores do Caixa Líquido Atividades Operacionais e Aquisição de imobilizado e intangível.

Voltando, com os valores anotados, basta soma-los e chegaremos ao FCL CAPEX. O da Cielo ficou assim;

  • 2T19: – 1.141.612
  • 2T18: – 557.465 

Caramba! Bem negativo essa geração de caixa.

Agora vamos até o Balanço Patrimonial Ativo ver como anda o caixa da empresa. Nesta página, observe que o caixa da empresa (Caixa + Aplicações Financeiras) está mais recheado na comparação com o quarto trimestre do ano passado.

E quanto a sua dívida?

Endividamento

Na página Balanço Patrimonial Passivo, temos uma noção das dívidas da empresa. E isso se dá através dos Empréstimos e Financiamentos.

Some-os e chegará na dívida bruta da empresa. Para chegar na dívida líquida, basta subtrair a divida bruta da soma entre caixa e aplicações financeiras vistas no balanço patrimonial ativo.

Se seguiu os passos até aqui, notou que a divida bruta da Cielo subiu e bem! Logo esqueça divida liquida negativa. Agora seu caixa não cobre mais todas as suas dividas.


Nessa visão rápida do balanço da CIEL3, observamos mais um trimestre de queda. Queda na produtividade, lucro operacional, EBTIDA, geração de caixa?

A única coisa que subiu foram as dividas.

Tenso…

Não custa lembrar que isso é apenas um estudo inicial, passando longe de ser recomendação de compra/venda!


Postei ainda hoje um texto sobre vender ou não vender Tesouro IPCAJá conferiu? Caso não, veja aqui.

See ya!


21 comentários em “CIEL3 2T19: E o resultado da Cielo ó…”

  1. Maldita CIELO, alias, maldito CEO que deveria estar preso !
    Dívida aumentando, lucro caindo e queimando caixa? O que estão fazendo lá gente! pqp ! Revoltante! Nunca vou recuperar meu prejuizo

    Responder
  2. Choradeira e ranger de dentes. O pessoal tá despirocando com a CIELO como se todas as outras estivessem nadando de braçada nos lucros. Todas as empresas dessa área estão queimando caixa pra abocanhar uma fatia do marketshare. O perigo de isso acontecer sempre foi muito claro. O modelo de negócios que essas empresas vêm adotando (com destaque pra Rede, SafraPay e Stone) não é sustentável no longo prazo. É só queimação de caixa e dinheiro de investidor pra conseguir uma fatia do mercado.

    Choradores chorarão. É nesse momento que a gente diferencia quem fez a lição de casa de quem é moleque e acha que renda variável só tem que variar pra cima…

    Tenho CIELO encarteirada e continuo com ela. É um percentual ínfimo do meu patrimônio…

    Responder
  3. Povo reclama de CIelo mas para mim ela só esta se adaptando as mudanças do mercado, nada mais normal que reduzir as margens e manter o share e continuar lucrando 400 milhões em um trimestre. Dificilmente ela vai ser aquele reloginho de antes para sempre, tem que ter a cabeça no lugar e ver que ela nao ficou ruim, apenas o mercado esta mais concorrido. Um dia a grana dos concorrentes( ou a dela) acaba e as margens voltam a subir.

    Responder

Deixe um comentário