Há um incrível mundo lá fora e a IF te dá – Energia, Liberdade e Tempo!

Continuando com as lições valiosas do meu primeiro ano de liberdade, hoje falo sobre um mundo que se abre devido a independência financeira.

Após sua primeira semana de liberdade, na qual foi bem similar as outras, já que Mad Fientist “trabalhou” logo após sua declaração de independência financeira, Mad resolveu fazer algo diferente do que trabalhar.

Descobrindo o Novo

Em sua segunda semana “livre”, Mad resolveu fazer algo que nunca fez, mas que sempre pensou em fazer, na qual é escalar. Próximo a sua casa, havia a possibilidade de Mad escalar, porém ele nunca o fez.



Agora com tempo, não há mais desculpas para deixar isso para depois…

Assim, após poucas lições, Mad se apaixonou pelas escaladas. Devido a empolgação, já até se imagina como  “O Escalador”.  Em suas palavras, ele diz que;

Provavelmente não serei, mas posso se quiser!

E assim Mad refletiu sobre as muitas possibilidades que a IF nos dá…

Enquanto trabalhava, Mad poderia já ter iniciado no mundo das “escaladas”. Porém, não o fez. E sabe o porquê?

O trabalho por si só já leva um bom pedaço do nosso tempo. Não contente com isso, o trabalho também drena nossa energia, sobrando bem pouco para outras atividades.

Entende por que muitas pessoas ao chegar em casa não conseguem sair dela?

A IF não dispensa hábitos!

Se não houver hábitos estabelecidos, a pessoa ao chegar do trabalho se jogará no sofá, ligará a tv e quando perceber…  se foi o dia…  Quando não, acordar e perceber que já está na hora de começar o processo de novo;    casa-trabalho-casa

Eu, como já comentei em outros posts, tenho enraizado o hábito de malhar. Porém, mesmo estabelecido, sofro de vez em quando com a falta de energia. Dependendo de como foi meu trabalho, as vezes a volta para casa é, literalmente para casa…

E a questão tempo? Quando comecei a jogar Tênis, foi disponibilizado aulas para iniciantes na quadra onde jogava. Lembro de duas mulheres muito bonitas que começaram a frequentar o espaço e o pobre Inglês ousou enfrentá-las… Pobre Inglês, tomou uma surra de ambas!

Pensei; – Preciso fazer essas aulas, se não o vexame continuará!

Para a minha tristeza, as aulas eram oferecidas no período da manhã e, NESSE HORÁRIO ESTOU NO TRABALHO, fuUCK!!!

Se ao menos eu tivesse com um pé na IF, poderia usar o poder que o dinheiro nos dá para conseguir esse “horário” para mim. Como exemplo dessa estratégia, cito a minha chefe. Veja;

Eu consegui minha aposentadoria, além de contar com alguns aluguéis. Quando vou parar? Não sei. Mas também não preciso mais vir todos os dias para cá. Então, negociei com a empresa. Trabalho três a quatro vezes na semana recebendo o mesmo salário! Pensei que iriam reduzir, já esperava isso. Mas acabei sendo agraciada por eles…   by chefe do Inglês 

Ao atingir a IF, assim como Mad e outros (aproveito para parabenizar novamente o amigo Soul Surfer), terei Energia, Liberdade e Tempo!  para treinar, jogar Tênis, voltar a tocar guitarra, zerar novamente Bioshock, assistir outra vez Breaking Bad…

Conclusão

Podemos colocar em prática as ideias que temos ao atingir a IF agora mesmo. Não é necessário esperar até o tão aguardado dia. Porém, hoje enfrentamos barreiras que dificultam, quando não inviabilizam nossos sonhos de entrar em ação.

E como diz Mad Fientist;

There’s an exciting world of things you can learn about and explore and FI gives you the energy, freedom, and time to do it.

Há um mundo excitante de coisas que você pode aprender e explorar e a IF te dá energia, liberdade e tempo para faze-las…

Bis bald!


29
Deixe um comentário

14 Comment threads
15 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of

Bem isso II, falta energia. Não é só tempo, o trabalho te rouba a vida, energia, vontade…vendemos para o empregador mais que tempo, mas pedaços de energia vital
Otimo Post!

Para a maioria das pessoas, é necessário organizar o horário, de maneira a combinar as tarefas profissionais, com o lazer e com o crescimento pessoal.

Abraço

Olá Inglês!
Tenho uma rotina bem organizada e um monte de coisas que gostaria de fazer mas não tenho tempo pra tudo.
Vamos lá!
Abraço!

Poxa, me identifiquei muito. Sempre chego cansado em casa e luto para ter ânimo e ir para academia. Também quero muito aprender a jogar tênis, mas mantenho-me afastado por enquanto por ser meio caro.

Realmente há um mundo de coisas que o trabalho nos impede de fazer e explorar.

É por isso que não vejo sentido em se aposentar com 65 anos…haverá tempo livre, mas a falta de energia vai ser a mesma…

Abraços!

Ótimo texto! Por isso, no alto dos meus quase 30 anos venho trabalhando insessantemente para criar várias formas de renda semi-passiva. Pois sem dúvidas não quero cair no erro que praticamente todo ser humano cai que é virar escravo do trabalho.

Abraços

A liberdade é nosso ativo mais importante.

Em relação a energia que o trabalho suga, é o mundo que vivemos. Quem detém a propriedade sobre os resultados do trabalho dos outros prospera. Quem não tem, vive numa vida que é o oposto ao que todos sonhamos viver. Não há muitos segredos em relação a isto. Basta encarar a realidade e trabalhar o jogo a seu favor.

Parabéns pelo post, II.

Grande Inglês. Gostei bastante do texto. Sou como você, tenho enraizado o hábito de malhar. Mas tem dias que simplesmente não dá. Só quero ficar em casa assistindo filmes kkkkk

Quanto ao tênis, comecei nesse esporte há umas duas semanas. Joguei três vezes. Na primeira só mandava bola pra fora kkkkk
Na terceira já tava rebatendo de back no fundo da quadra hehe

Gostei demais. Só não gostei do preço das aulas particulares. Depois vou ler aquele seu post sobre isso.

Abraços

Eu também estou assim Inglês. Parece que 70% do tempo é tentando sacar direito, e o restante é trocando bola. Mas eu percebo que na maioria dos jogos realmente a troca me bola não é constante. E quando se acerta, não demora muito até errar. É isso mesmo?

II, essa série de posts mostram bem que não tem muito sentido em pensar "pô, parar de trabalhar para fazer o quê?"

Quando, e se, essa pessoa parar de trabalhar, terá tempo e energia para pensar e fazer um monte de coisas!

Identificação: eu escalei por um período da minha vida também e foi muito bom. Comecei em parede, depois boulders, e fiz em rochas em chapadas de Campinas. Vc gasta uma energia brava e a tentativa de superar-se cada vez mais te motiva a seguir adiante!

Abraço!

Anônimo

É investidor, estou na mesma. Difícil é começar a pensar como se estivesse na IF para transformar a vida desde já. O medo da demissão ainda é grande…

IFM, recomendo ler este blog. Ela estava na mesma situacao com medo da demissao, mas no final foi a melhor coisa que eles fizeram
https://www.millennial-revolution.com/invest/the-breakdown-part-1-god-we-were-spendy-back-then/

le o primeiro e vá seguindo até onde eles conseguiram vencer o medo

De fato falta vontade de fazer algumas atividades (academia, correr e etc), mas também sofro por ser elétrico e fazer várias coisas ao mesmo tempo, ai já viu, sempre fica algum "rabo" para trás

[…] Fientist, depois de ver um mundo de coisas que você pode aprender e explorar graças a  independência financeira, resolveu em sua segunda semana de liberdade ir mais […]

[…] Afinal, como outra lição diz, a IF lhe dá energia, liberdade e tempo. […]