Quem mexeu no meu queijo, PETR4?

Nos últimos dias a ação PETR4 resolveu disparar. Subir, subir e subir como se não houvesse amanhã.

E esse movimento me fez entrar na pele do ratinho perdido ao não ver mais sua montanha de queijo no lugar.

– Quem mexeu no meu queijo, disse o ratinho

– Foi você PETR4, pergunta o Investidor Inglês…

Afinal, uma ação que estava ali brigando com a faixa de preço de 19 a 20 reais, de uma hora para outra resolve disparar rumo a preços maiores.

23 reais está bom?

Não!

25,

26,

Até chegarmos a cotação de sexta-feira (04/12), onde PETR4 encerrou o dia cotada a R$ 27,50.

Logo um movimento desse é para se comemorar, não?

Não para o Investidor Inglês, que assim como o ratinho estava acostumado a ver a montanha de queijo em seu canto no labirinto, eu também estava acostumado a ver PETR4 na faixa de preço de 19 a 20 reais.

Fiz bastante dinheiro (bastante para mim, ok?) fazendo operações com opções em PETR4 baseado nessa faixa.

Como rápida explicação sobre meu trade, eu ganho dinheiro caso PETR4 não ultrapasse o meu preço de venda em mais de 5~8% tanto para cima, quanto para baixo.

E PETR4 não deu a mínima para isso.

Dessa forma cá estou eu, no cantinho do labirinto, se perguntando quem mexeu no meu queijo

quem mexeu no meu queijo?

Mas ao invés de seguir a postura do rato que fica irredutível em seu canto, esperando que o queijo volte a seu lugar, vou ir de canto em canto no labirinto que é o mercado de ações atrás de minha PETR4.

A vida segue e não podemos ficar parados esperando que ela volte a ser como era antes.

Esperando que o queijo volte a seu lugar.

Você que quer fazer trades na bolsa de valores, precisa aprender rápido isso. O trade que passou, passou, o que perdeu, perdeu, e você precisa estar pronto para o próximo.

Aprender que o seu queijo pode sumir, e saber o que fazer nessa situação é o que você precisa para ser bem sucedido no mercado financeiro.

É fácil operar em quanto o mercado está a seu favor. Mas e quando vai contra, o que você faz?

O aprendizado de remar contra a maré está sendo muito gratificante. Eu só preciso as vezes baixar a crista e ficar de olho com a exposição.

As vezes alavancar, é expor zero seu patrimônio.


Para quem acompanha meu estudo sobre a fórmula mágica de Joel Greenblatt, o mês de Novembro já está atualizado!

See ya!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
6 meses atrás

Pois é.. eu tenho Petr4 e deixei lá pensei que ia ficar nessa por um bom tempo, acessei a corretora e vi que disparou rsrs

6 meses atrás

Investidor Inglês,

“A vida segue e não podemos ficar parados esperando que ela volte a ser como era antes.”
Ao ler sua frase, pensei em Ciel3 e Mglu3. Quanta diferença!

Claro que ninguém quer perder, mas melhor realizar o prejuízo e buscar oportunidades melhores do que ficar aguardando o que provavelmente não ocorrerá.

Boa semana!

neolight
6 meses atrás

A sensação de emitir uma call e o ativo principal disparar… é muito amarga. Fica a impressão de perda de dinheiro absurda, como se estivéssemos dentro da festa mas proibidos de festar junto. Eu tou nessa, emiti call de 27 quando estava a 23 PETR4. Já deu pra notar que a call disparou para dentro do dinheiro, o que me pôs num calor. Já fiz a rolagem pra série B de fevereiro, a 31,25, sem precisar meter a mão no bolso para zerar a primeira. É o que deu pra fazer. Estranho sentimento é este de querer que a ação… Read more »