WEGE3 1T2020 e como empresa boa se portou na crise?

Dada a largada nos resultados do primeiro trimestre 2020, vejamos como se saiu a WEGE3 1T2020.

De antemão já cito que;

  • Diferentemente da Cielo, o Lucro Líquido da Weg subiu mais de 40% em comparação ao primeiro trimestre de 2019.

WEGE3 1T2020

Bom, quem acompanha minhas rápidas análises fundamentalistas sabe que o lucro líquido é o que menos dou importância.



E isso se deu após a leitura do excelente livro Investindo para Vencer.

Quanto ao livro, recomendo e muito sua leitura!

Compre através do link acima ou clicando na imagem e ajude o Investidor Inglês com algumas balas. 😁😁😁

Depois do marketing do livro, vejamos como anda a produtividade da Cielo. E isso observamos segundo a margem bruta.

Calculando a margem bruta

Para encontrar a margem bruta, você pega a receita liquida e subtrai com o custo dos serviços prestados. Pegue o resultado e divida pela receita líquida e terá a margem bruta.

Logo, a margem bruta da WEGE3 no 1T2020 ficou em 29,5%. Calculando o mesmo período do ano passado, temos uma margem de 29,25% (1T19).

Continuando nessa página podemos ver o lucro operacional da companhia. E isso se deve ao indicador margem EBITDA.

Para chegar nesse indicador, na página demonstração de resultado você pega o valor Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos (EBIT). Depois vá até a página demonstração fluxo de caixa e anote o valor Depreciações e Amortizações.

Some-os e chegará ao EBTIDA. Depois, basta dividir o EBTIDA / Receita de Venda de Bens e/ ou Serviços.

Pronto, está ai sua margem EBITDA. Se seguiu os passos com o WEGE3 1T2020, obteve;

  • 1T2020: 16%
  • 1T2019: 15%

Mesmo com a crise, a produtividade da Weg está entre estável para positivo.

Geração de Caixa

WEGE3 1T2020

Vamos ver como se saiu o indicador FCL CAPEX, cara que nos mostra o quanto a empresa gerou de dinheiro após descontado o investimento em imobilizado e intangível.

Para chegar neste indicador, você precisa ir até a página Demonstração do Fluxo de Caixa. Anote os valores do Caixa Líquido Atividades Operacionais e Aquisição de imobilizado e intangível.

Voltando, com os valores anotados, basta soma-los e chegaremos ao FCL CAPEX.

E o da Weg ficou assim;

  • 2020:  402.063
  • 2019:  -38.527

Disponibilidades Financeiras (Caixa)

Vá até a página Balanço Patrimonial Ativo. Lá temos uma ideia de como anda a disponibilidade financeira da empresa.

Para tanto, some os valores Caixa e Equivalentes de Caixa e Aplicações Financeiras.

Logo temos na comparação entre os trimestres uma retração de 18% no caixa da empresa.

O blog passou a ter um menu decente! (eu acho) Organizei alguns posts para serem melhor encontrados.

Agora existe a seção Aprender Inglês, meu estudo sobre a fórmula mágica de Joel Greenblatt e por fim, meus posts sobre Opções CALL/PUT.

Confira e deixe um feedback com suas impressões.

Endividamento

Na página Balanço Patrimonial Passivo, temos uma noção das dívidas da empresa. E isso se dá através dos Empréstimos e Financiamentos.

Some-os e chegará na dívida bruta da empresa. Para chegar na dívida líquida, basta subtrair a divida bruta da soma entre caixa e aplicações financeiras vistas no balanço patrimonial ativo.

Se seguiu os passos até aqui, notou que a divida bruta da empresa subiu na comparação entre 2020 e 2019 cerca de 8%.


É, não tenho muito o que dizer não. Somente…

Que empresa bicho!

Afinal, das três métricas que costumo analisar rapidamente (Produtividade, Geração de Caixa e Endividamento) duas tivemos melhora.

Nem preciso dizer o cenário né? Agora mais ansioso para ver seu segundo trimestre.

Não custa lembrar que isso é apenas um estudo inicial, passando longe de ser recomendação de compra/venda!

See ya!


Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of