Mais sobre os Estudos de Renda Variável e Renda Fixa!

Publiquei semana passada os estudos BOVA11 X PIBB11 x Poupança e Renda Variável x Renda Fixa.

Hoje trago algumas questões comentadas neles. Vamos lá;

E se o investidor escolhesse GGBR4, USIM5 e CSNA3? 



O caro Investidor Internacional comentou no post renda variável x renda fixa sobre as ações queridinhas da época e que agora dificilmente compõem a carteira de um investidor.

E como essas empresas eram bem lucrativas no período inicial do estudo, é de se esperar que alguém tenha iniciado seus investimentos em uma, duas ou nas três ações. Logo, vamos simular aportes mensais nas três empresas para ver quanto o investidor teria hoje.

Aportando 100 reais mensais

Os parâmetros utilizados são os mesmos dos estudos anteriores com a ressalva que não inclui nesta conta os dividendos e juros sobre capital próprio. 

Olhando o gráfico acima, vemos que as 3 ações ficaram bem abaixo até da Poupança!  Esse é um risco da Renda Variável. Em determinadas janelas de tempo, poderemos ver ações rendendo igual ou abaixo da poupança.

E isso serve para todas as ações, não somente para as empresas que passam por dificuldades. No estudo anterior, vimos que em um determinado período, a combinação de Ambev, Grendene e Eztec chegaram a empatar com a poupança!

Com relação a Gerdau, Usiminas e CSN, o investimento no período de 9 anos se mostra um fracasso. Afinal, o investidor tem menos do que aportou. Na simulação acima temos;

  • Aportes Totais de R$13.789,58.
  • Custos de R$4.406,40.
  • Patrimônio em ações R$9.511,15.
  • Poupança R$17.807,36.

Com pouco dinheiro precisamos ainda mais se atentar ao fator custo. Se o investidor conseguisse uma corretagem de R$2,50 e zero custódia, como é hoje na Modal, diminuiria seu custo para menos de 900 reais e o mais importante, seu patrimônio quase empataria com os aportes.

Ainda estaria no prejuízo, porém menor.

Além de focar nos custos das operações, o investidor tem a mão um outro ponto para amenizar os possíveis erros que venha a cometer. E ele se chama…

Diversificação

Para quem investe há tempos, a expressão abaixo é bem familiar;

“Não coloque todos os ovos na mesma cesta…”  

E essa expressão remete bem aos estudos. No cenário deste post, o investidor além de comprar apenas ações, comprou ações de apenas um setor.

Isso é um exemplo de concentração, ou, colocar todos os ovos em uma única cesta. Ao investir em uma única coisa, podemos nos dar muito bem se ela for bem e mal se… Bom, entendeu certo?

E é aqui que entra a diversificação. Você pode diversificar entre os setores na bolsa de valores, como empresas elétricas, siderúrgicas, bebidas, calçados, seguros…

Sem contar outras opções para diversificar na renda variável. Como os ETFs que trouxe no primeiro estudo, onde ao comprar uma cota você leva várias ações de vários setores e os Fundos Imobiliários, opção voltada para investimentos em imóveis.

E também, você pode diminuir seu risco investindo em outras categorias de investimentos, como a própria renda fixa.

Não entendo o porquê de alguns a ignorarem…

Bom, se o investidor acima comprasse GGBR4, USIM5 e CSNA3 mais uma renda fixa pagando a taxa Selic, comprando 100 reais de renda variável e 100 de renda fixa mensalmente, seu patrimônio seria de R$31.637 e teria aportado cerca de R$27.579.

Não é aquela rentabilidade, mas ao menos o investidor não está no prejuízo.

Conclusão

Nos três estudos vimos que mesmo com pouco é possível investir na Bolsa de Valores. Porém, precisamos ficar atentos quanto aos custos e também diversificar, pois podemos avaliar mal certo investimento e com isso acabar com menos do que se investiu.

Ou até mesmo com nada do que investiu. Zero!

Imagina 9 anos aportando e no final não ter nada?

É por essas e outras que não mantenho um patrimônio todo em ações. Ou mesmo em renda variável. Prefiro tentar ganhar em várias frentes, usando a renda fixa, variável, moedas… Claro diversificar também há seus contras. E pretendo aborda-los em um futuro post.

Resumindo, além da importância dos aportes e custos, diversifique. Você pode ter avaliado mal uma empresa, acontece. O problema é que se ela for a unica integrante de seu patrimônio, caso as coisas não deem bem para ela…

Também ficar na poupança rendendo menos que a inflação não é interessante…

Aguardo seu comentário!

Lembrando que isso é apenas um estudo, passando longe de ser recomendação de compra/venda!

See ya!

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
2 anos atrás

Meu grande problema com ações é a irregularidade com que paga dividendos, para quem quer viver de renda passiva fica bem difícil fazer qualquer tipo de planejamento. Ainda acho que Tesouro IPCA com cupons, FIIs, imóveis para aluguel e uma pitada de ações é uma boa combinação para quem quer viver de renda. Ai vai de cada um definir quanto cada ativo irá ocupar da carteira.

Sr. IF365

Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
http://www.srif365.com

2 anos atrás

Parabéns pelo estudo II,

A diversificação é muito importante para os investimentos. Nesse caso do seu estudo você pegou 3 empresas que trabalham com commodities. Esse tipo de empresa eu acho muito arriscada, pois as commodities sempre variam muito e com isso a empresa pode ganhar muito ou perder muito. Por isso que não invisto nesse tipo de empresa.

Abraços.

Riva
2 anos atrás

Espero que seja de alguma utilidade

https://www.dividendmantra.com/2018/04/cyclical-stocks/

2 anos atrás

Investidor Inglês,

Gostei do estudo. O exemplo da Gerdau, Usiminas e CSN mostram a grande importância do acompanhamento dos resultados e rumos das empresas. O resultado mostrado foi desastroso.

Em relação aos custos, com a concorrência atual e isenção de várias taxas, é muito importante pesquisar bem qual corretora é a mais adequada aos nossos objetivos, pois os rendimentos muitas vezes são prejudicados por falta de procurar opções melhores nesse sentido.

Abraços!
Simplicidade e Harmonia

2 anos atrás

Exatamente II! Dependendo da escolha das ações, os estudos terminarão com resultados muito diferentes. Veja que essa constatação faz com que pensar em estabelecer um padrão para RV não funciona. Temos que pensar no perfil das ações que poderiam fazer parte de uma carteira para ganhos a longo prazo.

Abraço!

Investidor e Realista
2 anos atrás

Boa Tarde Investidor Inglês, Sou um pouco contra o Buy and Hold. e muito contra o BH indiscriminadoAcho válido seu estudo, pq a grande maioria investe assimEu pessoalmente sou um pouco contra a diversificação muito grande de ações, primeiramente, porque você nao consegue acompanhar todas as empresas, e com isso a bolsa vira um cassino.Ai o grande ponto das ações, é voce reconhecer o momento das empresas, todas as empresas citadas estavam em baixa, e teoricamente no estudo, a pessoa continuou investindo nela e em certos pontos, passou o ponto de venda Eu não acho que esse estudo seja válido… Read more »

Este estudo mostrou a importância de escolher bem as boas ações com margem de segurança, além de uma diversificação inteligente, e claro ter cuidado com os custos.

Abraço e bons investimentos.

2 anos atrás

Ótimo estudo. Comprova que apenas comprar, sem fundamento, não leva a nada. Ou melhor, leva ao prejuízo.