Perigos da Fórmula Mágica! Conheça a IDNT3!

Hoje a análise é sobre a IDNT3, nova integrante do meu estudo sobre uma tal de magic formula.

No estudo sobre a fórmula mágica que fiz em 2017, acredito que não apresentei as ações formalmente com um post contando um pouco sobre elas. Até publiquei um texto sobre a CARD3, e se não me engano um da FIBR3, porém só.

Para esse ano, pretendo trazer a você um pouco de cada ação escolhida para encarteirar meu novo estudo.



Assim, começamos com a número um do ranking, Ideiasnet: cujo código de negociação na bolsa de valores é IDNT3.

Quem é IDNT3?

Antes de prosseguir, deixa eu lhe apresentar essa empresa. Afinal, quem é Ideiasnet?

Segundo seu site, a Ideiasnet foi uma empresa de venture capital de tecnologia no Brasil, participando ativamente de todos os estágios de desenvolvimento de suas investidas, se consolidou como referência no setor e foi sinônimo de empreendedorismo com alto nível de Governança Corporativa.

Sim, foi. Pois em 2009 ela tornou-se gestora credenciada de fundos de investimento. Já hoje a cia está em fase de desinvestimento

Veja mais aqui.

Análise superficial

Depois da apresentação acima, será que existe algo a se analisar?

Bom, eu gosto de passar pelo mural do Bastter para coletar informações e também usá-lo como uma espécie de termômetro.

E ao passar por lá, não consegui ambas as coisas. No mural você tem os dados só até 2016.

E discussões idem.

Sendo assim, usarei esses dados mesmo. Confira como ficou meu quadro abaixo;

idnt3

Veja que no período analisado, não há presença de lucro.

2015 e 2016 notamos que não existe mais receita.

Sem receita, sem lucros. Certo?

Bom, sem mais, deixo a pergunta abaixo;

Por que é que essa ação se classificou tão bem na fórmula mágica?

Não custa lembrar que isso é apenas um estudo inicial, passando longe de ser recomendação de compra/venda!

See ya!

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
2 anos atrás

Sei lá porque caiu na fórmula. Deu até coceira quando fui procurar informações sobre essa "empresa".

Deusulivre! 😛

Abraço!

2 anos atrás

Boa pergunta… vou acompanhar os comentários.

KB Investimentos
2 anos atrás

Inglês,

Eu considero a Fórmula Mágica muito útil como filtro para selecionar ações, mas não pode ser o único critério.
Pelo que vi, a Ideias Net teve um resultado operacional extraordinário no último trimestre de 2016, o que jogou o ROIC lá pra cima.
Quando sair o resultado de quarto trimestre do ano passado, a empresa deve despencar no ranking.
Uma coisa boa é que a empresa não tem dívida. Então acaba se saindo bem no critério EV/EBIT.

Abraço.

2 anos atrás

Olá KB e II,

Eu acho que deveria aplicar um pré-filtro antes de aplicar a fórmula mágica, evitando essas empresas em situações especiais.

Acredito que usando o valor de mercado ou a liquidez, já evita esse tipo de coisa.

Ou talvez aplicar apenas entre as empresas que compõem o IBR-X 100.

http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/indices/indices-amplos/indice-brasil-100-ibrx-100-composicao-da-carteira.htm

Abçs!

joão
1 ano atrás

Oi Inglês!
Eu venho aplicando filtro de liquidez média dos 90 dias (> 100k) e valor de mercado (market cap) > que 50 milhões. Peneira bastante porqueira.

Até pq a MF é uma "foto" da empresa. Eu ainda quero testar como ela ficaria se utilizássemos uma medida da TENDÊNCIA DOS FATORES (EV, EBIT e ROIC), por exemplo, sua evolução trimestral dos últimos 05 anos.

2 anos atrás

Ideiasnet conhecida como Mico do mercado desde sua entrada !

a formula mágica leva em conta apenas o ultimo ano, e dos fatores o EV/EBIT e o ROIC, ambos dependem muito do seu EBIT (lucro antes dos tributos e das taxas).

Logo se no ultimo ano a empresa tem um EBIT gigante (mesmo que seja não recorrente), vai estar muito na bem formula, mesmo que tenha dado prejuízo os anos anteriores.

Acho que o perigo é esse apenas olhar o ultimo ano e não analisar se os lucros são correntes ou não recorrentes.

Abraço e bons investimentos.

Anônimo
2 anos atrás

Ocorreu a combinação de dois fatores:
1) reversão sem provisões para passivo a descoberto na officer em virtude do abatimento da dívida no processo de recuperação judicial
2) o patrimônio líquido, que era negativo, ficou ligeiramente positivo.

Com o abatimento da dívida e o PL baixo mas positivo, o denominador da fórmula do Roic ficou pequeno, distorcendo o número para cima.

Anônimo
2 anos atrás

Para filtro inicial a Fórmula Mágica pode ser interessante. Acho que deve ser acrescentado na receita de bolo mais ingredientes: ROE, P/L, Margem Líquida, Fluxo de Caixa, Crescimento dos Lucros anuais, P/VPA etc… . O que acham?
Mas também estou aprendendo ainda lendo e vou ler livros de Value Investing: Benjamin Graahm, Seth Klarman, Décio Bazin, Peter Lynch, Jeremy Siagel…. etc.
As experiências apresentadas neste Blog estão sendo muito proveitosas, pois fazem questionar e pensar com as trocas de experiências.

Atte,
J.H.

Geraldo Dal Berto Jr.
2 anos atrás

Hoje (27/03/2018) o EV/EBIT da IDNT3 é -13,56 no Fundamentus. Essa fórmula funciona mais como uma pré-seleção mesmo. Tem que analisar a empresa mais a fundo pra ver se não é furada.

[…] de apresentar IDNT3 e BOBR4, continuo com a apresentação das empresas contidas em meu estudo sobre a fórmula […]

[…] post de ontem, apresentei a IDNT3. Empresa melhor classificada segundo a fórmula. E como vimos…  Bom, confira […]

[…] série vimos as empresas IDNT3 e BOBR4, empresas que apresentaram prejuízos no período visto. Além de uma delas ter patrimônio […]

[…] IDNT3 […]

[…] IDNT3 […]