Planeje seu padrão de vida

Passeando por sites em inglês, encontrei um post chamado – Lifestyle Design Planeje um padrão de vida. O autor do texto diz que a primeira vez que viu esse conceito foi no livro;

Trabalhe 4 Horas por Semana – Tim Ferris.

A ideia é que você planeje sua vida de um jeito que facilite certas tarefas. Não entendeu? Segue um exemplo;

  • Manter comidas saudáveis ao seu redor se você quer comer coisas saudáveis.  


Parece fácil ao ler isso… E é se você tornar essa tarefa fácil. Tipo, se você pegou a receita de comer frango e batata doce, deixe os pré-preparados.

Deixe-os de um modo que seja fácil seu preparo, pois ao chegar em casa depois de um longo dia de trabalho, você provavelmente não irá querer cozinhar e, se os alimentos saudáveis que você pensou em comer não estiverem ao seu alcance, ou melhor, prontos ou quase prontos para comer, você escolherá o que estiver por perto, seja saudável ou não…

Se facilitarmos nossas tarefas planejando-as, as chances de obtermos sucesso aumenta e muito!

Como planejar seu padrão de vida?

Com o exemplo acima, o autor do post pegou esse conceito e montou um plano de padrão de vida no qual o apelidou de The Big 3 Os Três Grandes em uma tradução literal, no qual consiste nos três maiores custos que temos;

Transporte

Planeje seu padrão de vida

Depois de um longo dia de trabalho, quem quer subir em uma bicicleta ou esperar o ônibus para ir para casa? Quem tem carro, diz

– Obrigado, eu dirijo!

Dia chuvoso, ir de bicicleta?

– Obrigado, eu dirijo!

Mas se eu não tenho carro, fica impossível dirigir.

Então o cara vendeu seu carro e em suas palavras, três coisas aconteceram;

  1. Parei de dirigir. 
  2. Comecei a pedalar.
  3. Comecei a economizar uns trocos.

E descobriu que dirigir é um saco e pedalar é realmente divertido!

Cita até uma frase de Robin Williams;


Pedalar é o mais perto que você pode chegar de voar…

Moradia

planejando seu padrão de vida

Nesta parte, o cara lamenta a escolha de ter comprado uma casa. Principalmente por ela ser longe de tudo, já que ele cita depender de um veículo para se locomover. Já imagina o que ele fez não?

Sim, ele se mudou para uma casa mais próxima de seu trabalho. E diz que agora tem;

  1. Fácil trajeto de ônibus.
  2. Fácil trajeto de bicicleta.
  3. Economia de mais dinheiro.

Alimentação

planeje sua alimentação

Na alimentação, o autor dos Três Grandes Custos utilizou além do exemplo que abre este post, este aqui;

  • Se você não quer comer doces, não os mantenha em casa!

Quem já tentou fazer dieta e a mãe/pai/esposa/marido ou seja lá quem cozinhe para você, sempre faz aquelas deliciosas sobremesas. Difícil resistir não? Seu auto-controle deve estar bem apurado para resistir a tentação.

E falando nela, já dizia Oscar Wilde;

Eu posso resistir a tudo, exceto a tentação…

Logo, seguindo os exemplo ele agora;

  1. Se alimenta com alimentos saudáveis.
  2. Diminuiu a ingestão de alimentos “porcaria”.
  3. Aprendeu a cozinhar, logo economiza mais dinheiro.

Planejando outras coisas

Uma vez fixados essas escolhas, conseguimos expandir essas ideias para outras áreas de nossa vida além das Grandes Três.

Sempre que pensamos em gastar dinheiro, fazíamos uma pausa e nos perguntávamos;

Por que? 

Conclusão

O autor do post conclui que planejar seu padrão de vida foi a melhor escolha para ele economizar dinheiro. Na base dos testes, erros e experiências, ele conseguiu encontrar um padrão de vida que não só o fez economizar, mas também o levou a um crescimento pessoal. Pois nas experiências, ele sempre ouvia de si mesmo;

Eu não consigo fazer isso...

Porém, ele entendeu que o verdadeiro significado dessa frase é – Isso parece diferente e acho que não vou gostar…

É verdade, talvez eu não goste. Talvez essa experiência seja pior do que imagino. Ou…

Talvez não!

E pensando por esse lado, ele saiu da zona de conforto falando;

Em vez de dizer eu não consigo fazer isso, falarei que eu consigo fazer qualquer coisa!

See ya!


32 thoughts to “Planeje seu padrão de vida”

  1. Bem por aí mesmo, Investidor. Como sou solteiro e moro sozinho tenho a chance de fazer essas escolhas de não ter carro e cozinhar pra mim mesmo, possibilitando um planejamento do meu estilo de vida mais consciente e drástica redução de custos daqueles que fazem o oposto (com carro e alimentação fora de casa).

  2. IInglês,

    Esse é um daqueles assuntos que podemos discutir por horas mas que no fim vai do perfil de cada um.

    Concordo tranquilamente com a ideia de morar bem perto do trabalho e de ter alimentação saudável por perto e mudar os hábitos mas não concordo muito com a ideia de não ter carro e digo que na verdade depende da situação.

    Se você é jovem e mora próximo ao trabalho e lazer e sozinho, essa opção é bem tranquila mas acontece que carro te da aquela independência que a IF também traz, a de fazer o que quiser a hora que quiser.

    Para quem mora mais afastado da cidade e tem Familia fica bem difícil não ter carro e necessitar no caso de uma emergência.

    Algumas coisas da pra economizar mas não pra evitar. Nesse caso da pra ter um carro bem simples sem muitos custos mas acho necessário ter.

    Abraço.

    1. Olá BPM!

      É verdade, dá pra ficar horas discutindo mesmo hehe Ainda mais com a questão – ter ou não um carro?

      Sobre ter um carro penso o mesmo que você. Eu gosto de carros, então economizar nesse ponto é ir contra o que quero..

      Abraço!

  3. Fala Investidor Inglês

    Eu não sabia que já existia um 'método' para isto, mas em alguns pontos de minha vida abordava ele inconscientemente.

    E os exemplos dados são perfeitos, principalmente nesta questão de não se permitir ter acesso a algumas coisas para evitar que, em um momento de fadiga/estafa mental, você seja tentado a adotar condutas que visivelmente são prejudiciais no longo prazo.

    Cheers!

  4. Concordo exatamente com o que disse o Termos Reais acima, II. Uma turma vai ler esse texto e pensar: "é mesmo, como não pensei nisso antes?". Outra, já mais rodada, pensa: "Legal, estou fazendo a coisa correta" rsrs.

    O título desse post poderia muito bem ser "Planeje os hábitos que deseja ter". No fundo é tudo uma questão de criar condições para manter bons hábitos. O exemplo da alimentação é fantástico. Aqui em casa, por exemplo, não entra nada com açúcar e trigo. Nada. Assim, nos obrigamos a comer outras coisas.

    Abraço!

    1. Bem isso André! estou na turma – "Legal, estou fazendo a coisa correta" rsrs

      Olha esse título parece melhor, talvez eu o coloque aqui rsrs E concordo, muita coisa que vemos nessa área se norteia na fixação de bons hábitos.

      Abraço!

  5. Massa Inglês!

    Realmente a estratégia da alimentação é muito boa, pois na hora da fome dá aquela preguiça de preparar alguma coisa saudável e acabamos apelando para as "guloseimas". Tendo as coisas já pré-prontas, fica muito mais fácil!

    Em relação ao transporte, no meu caso morar perto do trabalho seria caríssimo, não compensaria a troca. E sei lá, essa coisa de ir pra todo lugar de bicicleta me parece coisa de gringo, por que no Brasil é difícil ter um espaço adequado pro ciclista, além disso o motorista não respeita, aumentando o risco de acidente.

    Abraços!

  6. Ótima postagem, II.

    Este livro está na minha lista de futuras leituras, é um sonho.

    Alguns fatores são bem pessoais, mas esse método é aplicável a quase tudo nas nossas vidas.

    Acompanhando o blog.

    Um abraço fraterno,
    Don Lobo.

  7. Fala Inglês!

    Tema muito interessante, eu acrescento que não basta planejar um padrão de vida, tem que mante-lo, o natural é o cara ir inflando uma coisa aqui, outra ali de acordo com aumento da renda, é a inflação do estilo de vida que quase sempre é forçada por questões sociais.

    Atualmente estou planejando uma mudança justamente pra ficar mais perto do trabalho meu e da Bia e assim eliminarmos o transporte individual. Assim como o anônimo acho complicado depender de bicicleta no Brasil mas ao menos em SP isso pode ser viável em algumas circunstâncias.

    Sobre a alimentação concordo e tenho feito exatamente isso, eliminar tranqueiras alimentícias de dentro de casa. É o mesmo raciocínio do consumista que quebra cartão de crédito, pode parecer idiota para alguns mas é eficaz.

    Abraço!

    Corey

    1. Fala Corey!

      É bem por ai, muitos começam… Mas passou um tempinho e já abandonam o plano. Se não criar o hábito, não vai.

      Eu ia falar que bicicleta em SP não rola, devido minha visão do transito. Mas não moro, então apenas chuto isso.

      Eu preciso seguir essa estratégia.

      Abraços!

  8. Oi Inglês!

    Podemos alterar todos os padrões e rotinas de nossas vidas. O mais importante é vencer a inércia e dar os primeiros passos. Li em um artigo, certa vez, que depois de duas semanas começamos a enraizar um novo padrão, e após dois meses passamos a adquirir uma predisposição para a nova atividade.

    Abraço!

    1. Olá VDD!

      Eu estou treinando pelo menos 3x na semana. Passei a ir para a academia direto do trabalho, assim me forço a treinar.

      Quanto a alimentação, sigo a linha de não deixar estoque de guloseimas em casa. Está ajudando

  9. Só passando para dizer que suas últimas postagens estão bem interessantes, ainda mais com a referência original. Grato por compartilhar o conhecimento.

  10. "Se facilitarmos nossas tarefas planejadas, as chances de obtermos sucesso aumenta."
    Gostei dessa frase, muito boa.

    Essa semana comecei a ler esse livro do Tim Ferris que você citou e estou gostando. As ideias e conceitos apresentados são bem interessantes, embora alguns deles (ou muitos?) deles sejam adequados apenas a realidade do primeiro mundo.

    Abraços,

    1. Tim Ferris e Trabalhe 4 horas por semana?

      Estou lendo e não estou gostando. Vai de encontro a tudo que a Finansfera busca, a IF.

      Impossível aplicar o que ele fala principalmente no Brasil. Largue aí seu emprego e vá viajar kkkkk

      Procure algo que seja rentável a ponto de você ter renda sem ter que estar próximo. Pergunte ao VDD e ao Frugal como é gerenciariam negócio que te garanta renda suficiente pra ficar viajando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.